Conheça os benefícios do colágeno para a sua pele

Quando você pensa nos benefícios do colágeno, o que vem à mente? Com certeza, uma pele mais firme e vistosa. Com o passar dos anos, no entanto, a disponibilidade dessa proteína, que é produzida naturalmente pelo organismo, diminui.

Por isso, garantir que ela continue existindo em quantidade suficiente é essencial para prevenir o envelhecimento precoce e/ou corrigir rugas, flacidez, dentre outros problemas.

A boa notícia é que é possível recuperar os níveis dessa verdadeira fonte de juventude.

Para saber como, acompanhe este artigo!

Quais são os benefícios do colágeno para a pele?

O colágeno age na sustentação da pele e, ainda, no fortalecimento de unhas e cabelos. Mais do que isso, atua na funcionalidade de ossos, articulações e músculos. Ou seja, em todo o aparelho motor.

O colágeno é o principal componente proteico da derme (camada de maior espessura cutânea), e ajuda a preenchê-la de dentro para fora. Assim, elimina os sulcos que formam rugas, por exemplo.

O que leva à diminuição do colágeno?

Alterações metabólicas ocorridas ao longo do tempo levam à diminuição da quantidade de colágeno na derme. Fatores como exposição ao sol sem o uso adequado de fotoprotetores, má alimentação e tabagismo também têm seu peso.

Há, ainda, o componente genético: algumas pessoas sentem a diminuição da firmeza e elasticidade a partir dos 20 anos. Estima-se que o corpo perca, a cada década, cerca de 10% do colágeno.

Onde o colágeno pode ser encontrado?

A molécula de colágeno, proveniente de matéria-prima animal, é muito grande para ser absorvida diretamente pelo organismo. Para facilitar, existem suplementos com colágeno hidrolisado, nos quais suas moléculas são quebradas.

O colágeno hidrolisado costuma ser encontrado em cápsulas ou em pó para preparo de shakes. Ao ser digerido, transforma-se em três aminoácidos principais (glicina, prolina e hidroxiprolina), os quais estimulam a retomada da produção de colágeno pelo organismo.

Quais tratamentos estimulam o colágeno?

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) indica diversos procedimentos para melhorar o vigor da pele. De maneira geral, esses tratamentos promovem microlesões na derme, estimulando a formação do colágeno. São exemplos:

  • luz intensa pulsada: usado para o tratamento de manchas provocadas pelo sol, vasinhos, rugas pequenas, acne e oleosidade;
  • lasers: existem diversas aplicações para tratar flacidez, rugas, cicatrizes, manchas, estrias, melasmas etc.;
  • drug delivery: abre “canais” (via laser, microagulhamento ou dermaroller) que facilitam a entrada de ativos na derme. Assim, consegue potencializar a quantidade de fibras de colágeno em menos tempo de tratamento.

Quais preenchimentos aumentam o colágeno?

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o colágeno pode ser estimulado em procedimentos minimamente invasivos. Existem dois tipos principais de bioestimuladores injetáveis:

  • Ácido Polilático: é um bio estimulador de colágeno na derme profunda, para a prevenção e o tratamento da flacidez e da qualidade da pele. Também pode ser injetado em pontos de sustentação da face, para a reestruturação dos tecidos.
  • Hidroxiapatita de cálcio: consiste na injeção dessa substância logo abaixo da pele ou em camadas mais profundas, elevando-a, diminuindo a sua profundidade, dando volume e corrigindo as depressões.

Por fim, além dos tratamentos dermatológicos, manter uma alimentação balanceada é imprescindível para a beleza e vitalidade da derme. Deve-se comer proteínas animais (ovos e carnes) e vegetais (quinoa, soja e ervilha) de alto valor biológico, combinadas a alimentos que são fontes de vitamina C (laranja, acerola, entre outras).

Usar filtro solar e evitar se expor ao sol entre 10 e 16 horas, assim como dormir bem, também ajuda recuperar a firmeza e elasticidade da pele.

Para saber mais sobre os benefícios do colágeno, acompanhe o Facebook e o Instagram da Academia da Pele. Nossos especialistas estão prontos para ajudá-lo!

Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

    Inscreva-se em nossa newsletter

    Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

    Artigos relacionados:

    Covid-19: procedimentos que ajudam na recuperação

    Autocuidado é muito mais que estética....

    “Tenho acne. Posso fazer limpeza de pele?”

    Será que a limpeza de pele...

    Quem tem silicone pode fazer mamografia?

    Você tem medo de “estourar” as...