Mastopexia

O que é?

Mastopexia é uma palavra estranha para a maioria das pessoas, até mesmo para as mulheres a quem esse procedimento é destinado.

Seios firmes e belos estão entre os desejos de todas as mulheres, porém, mais cedo ou mais tarde, a gravidade traz o seu efeito para todas, levando à flacidez e ao caimento.

Quer saber como funciona o procedimento que tem como objetivo restabelecer um aspecto estético no universo feminino? Então a gente te explica!

O que você precisa saber a respeito?

A Mastopexia é uma cirurgia para levantamento das mamas, então se o seu objetivo é dar uma empinadinha nos seios, esse procedimento é o ideal para você!

Desde a puberdade, os seios sofrem diversas alterações causadas principalmente por hormônios femininos, uso de anticoncepcionais, gravidez, amamentação, entre outros.

Por conta disso, com o passar do tempo, os seios podem sofrer certas alterações em seu aspecto e consistência, tornando-se mais caídos. A mastopexia permite o reposicionamento das mamas numa posição mais alta e esteticamente mais agradável.

Para quem é indicado este tipo de cirurgia?

A mastopexia é indicada para mulheres que apresentam flacidez e caimento das mamas e basicamente existem dois tipos: a mastopexia com utilização de prótese ou não.

A mastopexia sem utilização de próteses ou silicone é feita apenas para correção da flacidez dos seios. Se a mama for muito pequena, mediante avaliação prévia do médico, o paciente poderá optar pela implantação do silicone, procedimento conhecido como mastopexia com prótese.

A mastopexia com prótese é assim utilizada por mulheres que querem aumentar o tamanho dos seios, proporcionando uma silhueta bem mais preenchida.

Algumas vezes, a prótese é indicada para dar sustentação à mama, mesmo que não haja o desejo de aumento do volume. Nesses casos, o cirurgião pode compensar a inclusão do implante com a retirada de parte do tecido mamário para não haver aumento do tamanho final. Com isso, é possível dar mais firmeza àquelas mamas com estrutura mais amolecida e flácida.

Tratamento

A mastopexia, por definição, é a retirada de excesso de pele dos seios para levantá-los e as incisões nessa cirurgia podem variar, dependendo da quantidade de sobra cutânea.

Quando for muito pequena a flacidez, o procedimento pode ser feito por incisão apenas ao redor da aréola ou na dobrinha abaixo da mama (sulco infra-mamário). Num caso intermediário, pode-se realizar a incisão ao redor da aréola mais uma vertical que desce até o sulco.

Mas, na grande maioria das vezes, a técnica mais utilizada resulta na cicatriz em “T” invertido mais a peri areolar.

A mastopexia, na maioria das vezes, pode deixar cicatrizes, mas isso vai depender de cada paciente bem como do procedimento realizado. Existem várias maneiras de minimizar a cicatriz da mastopexia e é importante conversar a respeito com o seu médico. Também é recomendado muita atenção na hora de escolher o profissional que vai realizar a sua cirurgia!

O pós-cirúrgico

Este tipo de cirurgia dura, em média, de uma hora e meia a 4 horas e o paciente pode deixar o hospital no mesmo dia ou, em alguns casos, permanecer internada por 24 horas.

O período após a mastopexia exige repouso e alguns cuidados como não fazer esforços físicos nos primeiros dias, por exemplo, para garantir a boa cicatrização da pele.

Se necessário, o médico poderá receitar anti-inflamatórios, antibióticos e/ou analgésicos.

Rev. by Thay

Procedimentos relacionados:

Lipoescultura

Próteses de Mama

Mastopexia

Basta preencher o formulário abaixo que entraremos em contato.